O Chefe sem Patrão e o Padre sem Polícia

Na foto nº1 está o ciclista Nogueira, bem acompanhado pelo Marino Fonseca, outrora renomado ciclista e agora afamado cozinheiro e chefe do Restaurante Sabores do Campo, sito bem perto da Rotunda Terra do Ouro, Póvoa de Lanhoso, onde eu tirei a foto nº2, já que às 7,30 horas, no sábado, dia onze de maio de 2019, havia nevoeiro no local de partida junto à Rotunda de São Miguel Arcanjo, na Vila das Aves.

B1

Foto n.º 1

Na folha que o Nogueira apresentou estava escrito que o destino era pedalar até São Bento da Porta Aberta e que ele era o chefe, mas que não havia patrão; ora eu lembrei-me que no anterior convívio de ciclistas ao Gerês (organizado pelo Areias em 06/07/2013) colocaram-me o ciclista Virgílio como meu polícia para ver quando eu iria para o carro de apoio aos desistentes na subida para a Póvoa de Lanhoso; mas desta vez o polícia não se inscreveu e o padre, agora com 71 anos de idade, mais uma vez pedalou e aguentou a subida sem nunca parar.

B2

Foto n.º 2

A foto nº3 foi tirada junto ao cruzeiro de São Bento da Porta Aberta, quando já tínhamos pedalado 63,38 Kms.

B3

Foto n.º 3

Como o chefe Nogueira tinha determinado que fôssemos almoçar ao restaurante Sabor do Campo, então ainda faltava pedalar mais 22Kms para lá chegar e o regresso já não era por Amares, mas pela subida de Rio Caldo até Tabuaças.

Na foto nº4 estão os quatro primeiros classificados na dita subida onde o Isaías alcançou o primeiro lugar tendo à sua esquerda o Carvalho, e à sua direita o decano José Silva (79 anos de idade) e o José Machado.

B4

Foto n.º 4

Na foto nº5 estão doze vitoriosos trepadores, sendo o Hélder Patrício o ciclista mais novo, com 38 anos; o décimo terceiro fotografado é o Manuel Oliveira que foi o único ciclista que se apresentou com motor incorporado e que não foi desclassificado por não haver patrão!

B5

Foto n.º 5

Na foto nº6 está o Soares dos Reis (nome sonante no ciclismo e no futebol) que no seu carro de apoio deu guarida a três respeitáveis musculaturas.

B6

Foto n.º 6

Na foto nº7 está, ao centro, o motorista Manuel Machado que tem à sua esquerda os dois parados na subida e que me disseram quando eu ia a pedalar: estamos à espera do padre Fernando, pois já nos falta gasolina!

B7

Foto n.º 7

Na foto nº8 estou eu acompanhado do Edmundo, comensal à minha direita, que na ida para as Cerdeirinhas imprimiu forte pedalada que até abanou o Lêndia!

B8

Foto n.º 8

António Gouveia foi o motorista do terceiro carro de apoio que só precisou de dar boleia ao padre sem polícia quando ainda a refeição ia a meio; de facto, uma celebração exequial foi imperativa da urgente saída.

Quatro dias depois, no treino velocipédico, vim a saber que o Domingos Ferreira foi vítima do rebentamento do pneu traseiro da sua bicicleta, já quando Vila das Aves estava à vista, mas ele tinha levado um pneu sobresselente.

Todos reconheceram que o Marino serviu muito bem o almoço e que o convívio foi excelente; a ele, o merecido agradecimento e ao chefe sem patrão, parabéns pela organização.

Vila das Aves, 04 de junho de 2019, primeira terça-feira do mês.

Padre Fernando de Azevedo Abreu